Currículo eletrônico substitui o de papel


Até pouco tempo atrás, o currículo era sinônimo de papel impresso. Com o advento da internet e sua crescente participação como ferramenta de recrutamento, tornou-se fundamental a preparação do currículo eletrônico.

Muitas das recomendações anteriores sobre o que deve e o que não deve ser feito aplicam-se a ambas as formas de currículo: em papel ou eletrônico.

O currículo eletrônico deve ser enviado como parte do corpo da carta de apresentação, evitando-se o encaminhamento de documentos anexos.

Os currículos que por alguma razão, são enviados como documentos anexos a um e-mail, devem ser precedidos por uma carta de apresentação suficientemente “charmosa” para estimular o destinatário de sua mensagem a “correr o risco” de abrir o arquivo.

Currículo Eletrônico :: Cadastros Personalizados

Muitas empresas dispõem deste recurso para auxiliar os profissionais que desejam se candidatar. Cadastros desse tipo costumam beneficiar ambas as partes:

  • A empresa garante que receberá o tipo de informação que deseja, no formato apropriado e na extensão preferida.
  • O candidato, por sua vez, é “poupado” da tarefa de estruturar seu currículo eletrônico, uma vez que basta inserir os dados nos espaços disponíveis ou simplesmente copiar essas informações da versão eletrônica do seu currículo.

O emprego de palavras- chave torna mais fácil a tarefa de um empregador potencial encontrá-lo. Você deve redigir um mini-currículo. Deve descrever de maneira abrangente, sua posição e realizações, ao mesmo tempo em que inclui o maior número de palavras-chave possível, levando-se em conta a estrutura lógica subjacente.

Exemplo do uso de palavras-chave em mini-currículos:

GERENTE DE PLANEJAMENTO ESTRATÉGICO/ DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS – Engenheiro, MBA pela FEA/USP. Inglês fluente, bom espanhol. Carreira desenvolvida na Visteon Sistemas Automotivo

Cartas de Introdução ao Currículo

Em alguns casos, será necessário enviar uma carta junto com o currículo eletrônico. Isso pode ocorrer quando:

  • For indicado por alguém para uma posição.
  • Receber uma informação sobre mudanças (ampliações, redefinições de cargo e função) numa determinada empresa.
  • Responder a um anúncio.
  • Enviar o currículo eletrônico para um profissional cujo nome você tem.

Essa carta serve como abertura e apresentação de seu currículo eletrônico, abrangendo os seguintes assuntos:

  • Abertura do assunto
  • Possibilidade de ser aproveitado na empresa em função de determinado fato
  • Demonstração de seu interesse quanto à empresa e à provável vaga
  • Informação sobre o currículo eletrônico 
  • Conclusão / despedidas

Lembrando que para que seu currículo eletrônico seja lido e avaliado é preciso que você encaminhe corretamente para a empresa na qual está interessado.

Como Escrever uma Boa Carta de Introdução

  1. Assegure-se de endereçá-lo – colocando o nome e a função – à pessoa que pode empregar você. Mostre que você sabe alguma coisa sobre a companhia, ou você está a par de suas dificuldades atuais, interesses ou prioridades.
  2. Expresse seu entusiasmo ou interesse a respeito desse campo de trabalho e dessa companhia.Se você tiver alguma boa idéia ou possa ajudar o empregador a resolver um problema que estiver enfrentando, ofereça-se para visitá-lo e discutirem o assunto.
  3. Transmita calor e amizade, sem deixar de ser profissional.
  4. Distinga-se da multidão. Identifique pelo menos uma coisa em você que é exclusivo. Um talento especial para se dar bem como todo mundo num ambiente de trabalho ou alguma habilidade que são além do que é exigido pelo emprego.
  5. Seja específico sobre o que está pedindo e o que está oferecendo. Deixe claro para qual colocação está se candidatando e que experiência ou habilidades você possui que se relacionem com essa posição.
  6. Seja breve, escreva poucos e curtos parágrafos.


Fonte: http://www.formacaosolidaria.org.br 

Navegue...

Mídias Sociais